Projeto cofinanciado pelo Programa LIFE
Contribuição financeira da UE 55%
LIFE20 CCA / ES / 001641

folha de projeto

Nome: Inundações Costeiras Adaptação às Alterações Climáticas através de estratégias flexíveis em áreas urbanas da Macaronésia

Referência: LIFE20 CCA / ES / 001641

Acrônimo: LIFE Garachico

Financiamento: Programa LIFE da Comissão Europeia (convite 2020)

Subprograma: Ação Climática

Área prioritária: Adaptação às Mudanças Climáticas

Setor: Água (incluindo gestão de inundações, áreas costeiras)

Países envolvidos: Portugal, Açores – Espanha, Ilhas Canárias

Orçamento: 2.638.132 €
Contribuição da UE: € 1.450.969 (55.00% do orçamento total)

Duração: de 21/09/2021 a 21/09/2026 (61 meses)

Consórcio: 11 parceiros de entidades públicas e privadas

Coordenação: Vice-Ministério de Luta contra a Mudança Climática e Transição Ecológica - Governo das Ilhas Canárias

Fundo

As ilhas têm um grande pressão turística na zona costeira e são muito exposto às tempestades do Atlântico o que os torna especialmente vulneráveis aos impactos das Mudanças Climáticas, devido ao aumento do nível do mar e à aumento de frequência e intensidade de ondas fortes, que aumentam o risco de inundações costeiras. Na última década, estima-se que os prejuízos socioeconómicos decorrentes dos efeitos das inundações costeiras ascenderam a cerca de 250 milhões de euros na Macaronésia.

Além disso, estamos perante uma linha de costa que apresenta uma orografia muito abrupta que inviabiliza as medidas convencionais de adaptação devido à grande investimento econômico  e de Meio Ambiente o que eles supõem

metas

O LIFE Garachico propõe o desenvolvimento de metodologias para a criação de um Quadro Estratégico de Adaptação Flexível para os municípios do litoral da Macaronésia, com base na avaliação dos níveis de risco aceitáveis e intervenções específicas a nível local, de forma a aumentar a resiliência destas áreas face às correntes e futuros eventos costeiros extremos devido às mudanças climáticas.

Objetivos específicos

0.1

Padronizar um procedimento de análise de risco de inundação costeira por CC em áreas urbanas em um MEAF > A1, A2, A3, A4+ D1

0.2

Fornecer ferramentas para determinar níveis de risco aceitáveis para comunidades urbanas → A4 + A1, A2, A3 + C2 + D1

0.3

Implementar em Garachico e replicar na Praia da Vitória e Puerto de la Cruz medidas de adaptação que, aliadas a sistemas de alerta precoce, reduzem o risco → C1, C2, C3 + D1

0.4

Desenvolver recomendações técnicas e ferramentas de gestão num MEAF para redução do risco de cheias e para a sua implementação na Macaronésia → C4 + D1 + E1, E2

0.5

Desenvolver novas políticas de gestão e comercializar produtos em conjunto com os vários stakeholders para gerir o risco remanescente e aumentar a empregabilidade → C5 + D2, D3 e D4 + E2, E3, E4

0.6

Promover a implementação do MEAF noutras áreas urbanas costeiras vulneráveis da UE → C6 + E2 + D3, D4 + E1, E2

Ações

O LIFE Garachico é implementado através de vinte ações que estão organizadas seguindo a seguinte estrutura:

Resultados

Detalhe do andamento do projeto

O projeto não contemplará apenas soluções científico-técnicas para o desenvolvimento da estratégia de adaptação, mas pretende ir além, envolvendo os diferentes atores sociais e econômicos afetados pelas inundações costeiras de Garachico. Os cidadãos serão contados tanto na avaliação de riscos quanto no planejamento das ações.

programa VIDA

O programa LIFE é o instrumento financeiro da União Europeia que apoia projetos relacionados com o ambiente, conservação da natureza e alterações climáticas na UE.

O objetivo geral do programa é contribuir para a implementação, atualização e desenvolvimento de políticas e regulamentações relacionadas com o ambiente e clima através do co-financiamento de projetos com valor acrescentado europeu.

No período 2014-2020, o programa LIFE contribuiu com aproximadamente 3,4 bilhões de euros para a proteção ambiental e climática.

Contribuição do projeto para as prioridades políticas da UE:

  1. Estratégia da UE para a adaptação às alterações climáticas (COM/2013/216) e a nova estratégia de adaptação (2021).
  2. O Pacto Ecológico Europeu (COM/2019/640) e os Contratos Públicos Verdes (COM/2008/400).
  3. Diretivas-Quadro da Água (2000/60/CE, artigo 4.1 c)
  4. Directiva-Quadro da Estratégia Marinha (2008/56/CE, 1.2 b).
  5. Agenda Urbana da UE e iniciativa do Pacto de Autarcas.
  6. Impacto nas políticas nacionais através da inclusão de medidas de projetos no Plano de Ação Climática do Governo das Ilhas Canárias.
  7. Impactos na gestão das zonas costeiras a nível municipal através da adoção do Guia Técnico do projeto como guia de boas práticas.

Boletim de Notícias

Conheça o andamento do projeto LIFE Garachico.